Outras Tecnologias Desafiam A Indústria Da Publicidade

01 May 2019 22:11
Tags

Back to list of posts

<h1>&Agrave;s V&eacute;speras Da Copa, Emboscadas Proliferam No Brasil &middot; Not&iacute;cia &middot; M&aacute;quina Do Esporte</h1>

<p>Estes dias eu descobri alguma coisa bem engra&ccedil;ado numa postagem desses perfis divertidos do Instagram. Qual O Jeito Espec&iacute;fico Do Brasileiro? de um casal e na marca&ccedil;&atilde;o do nome do namorado, estavam frases no modo “sonha querida”, em vez de um nome de homem. Quantas vezes se pegou pesquisando a exist&ecirc;ncia de uma pessoa nas redes sociais? Embora apenas para conceder uma espiadinha?</p>

<p>O que n&atilde;o imagino s&atilde;o estas pessoas que n&atilde;o querem que novas pessoas descubram quem &eacute; o seu par. Nesses casos, por que fazer marca&ccedil;&otilde;es? A vida online anda bem concorrida ultimamente - e n&atilde;o s&oacute; nos relacionamentos. Parece que as m&iacute;dias sociais viraram um card&aacute;pio de roupas, servi&ccedil;os e lifestyle, onde tudo est&aacute; &agrave; venda. Afirmo que acho bem cansativo.</p>

<p> Como Ganhar Seguidores No Facebook? , nem sequer sabemos mais quem &eacute; que est&aacute; indicando qualquer servi&ccedil;o ou produto - se &eacute; uma pessoa que realmente gostou daquilo, ou se est&aacute; recebendo um dinheiro pra fazer propaganda. Ainda mais com a integra&ccedil;&atilde;o de algumas redes, onde quase todas t&ecirc;m filmes de quinze segundos que desaparecem em 24 horas.</p>

<p>A ideia que antes era assustadora, a cada dia ganha mais seguidores e adeptos. As pessoas prontamente est&atilde;o condicionadas a buscar tudo pela Web, por causa de dificilmente voc&ecirc; n&atilde;o achar&aacute; qualquer coisa na rede. Quase tudo tem por l&aacute;, acho que tudo! E neste instante, com as redes sociais como ve&iacute;culo chefe de marketing e merchandising, ficou ainda maior a procura por dicas na Internet. Por&eacute;m voc&ecirc;s concordam que a coisa est&aacute; exagerada?</p>

<p>N&atilde;o estou sendo saudosista, j&aacute; que trabalho com m&iacute;dias sociais e vivo conectada. Mas, ainda acho que as pessoas est&atilde;o exagerando. Quando voc&ecirc; sai com os amigos ou fam&iacute;lia, voc&ecirc;s conversam ou todos ficam ao celular? Quando voc&ecirc; busca qualquer coisa pra ler em uma viagem ou feriado sossegado, voc&ecirc; compra livros e revistas ou baixa novos aplicativos?</p>

<p>&Eacute; evidente que a tecnologia nos socorro demais, com aplicativos pra tr&acirc;nsito, pesquisas em geral, entre novas coisas. Pela web, o detalhe &eacute; instant&acirc;nea - o que pode descomplicar (e muito) as nossas rotinas. O cuidado que eu, particularmente, acho que carecemos ter &eacute; com o lixo virtual. N&atilde;o precisamos acompanhar tudo a ferro e fogo, achando que tudo o que est&aacute; pela Web &eacute; verdade.</p>

<ul>
<li>Poste com regularidade</li>
<li>O emprego de informa&ccedil;&otilde;es pessoais dos cidad&atilde;os por corpora&ccedil;&otilde;es</li>
<li>Call to Action nas postagens</li>
<li>tr&ecirc;s dias ago</li>
</ul>

<p>Mesmo quando voc&ecirc; tenha curiosidade a respeito um medicamento, se voc&ecirc; levar ao p&eacute; da letra alguns conte&uacute;dos da redes, voc&ecirc; pode encontrar que est&aacute; morrendo no momento em que tem s&oacute; uma agonia de cabe&ccedil;a. Eu servi&ccedil;o com pesquisas de tend&ecirc;ncias e comportamentos que se refletem pela moda. E, para os pr&oacute;ximos anos, os maiores bureaux de tend&ecirc;ncias indicam uma busca pelo passado, um resgate de valores antigos. A credibilidade da resid&ecirc;ncia dos av&oacute;s, os trajes mais resistentes, a comida confort&aacute;vel. Por que, ent&atilde;o, n&atilde;o desfrutar para entrar no clima e deixar a tecnologia um pouquinho de lado em algumas ocorr&ecirc;ncias?</p>

<p>Afinal, voc&ecirc; n&atilde;o ser&aacute; capaz de reclamar dos seus filhos e amigos falando que eles n&atilde;o saem do celular, se voc&ecirc; tamb&eacute;m n&atilde;o sair! Como Turbinar O Curr&iacute;culo E Atingir O Emprego Dos Sonhos exemplo &eacute; voc&ecirc; e a conduta come&ccedil;a dentro de voc&ecirc;. Se eu pudesse oferecer um conselho, embora pare&ccedil;a &oacute;bvio, seria reduzir a conectividade e se dar mais para as pessoas que est&aacute; presente, de corpo humano e alma!</p>

[[image https://ethority.de/wp-content/uploads/2017/10/Social-Media-Prism-2017-2018-v7.png&quot;/&gt;

<p>A artista criou, no in&iacute;cio dos anos 60, toda identidade dos produtos da marca Piraqu&ecirc;. Al&eacute;m das embalagens, Lygia bem como fez cartazes, montagem, roteiros e dire&ccedil;&atilde;o pro cinema. Empreenda Porque Esta Estrat&eacute;gia &eacute; T&atilde;o Consider&aacute;vel de suas obras mais instigantes &eacute; o livro ‘Noite e Dia’, um conjunto de 365 pe&ccedil;as de madeira diferentes umas das novas, em tons que v&atilde;o do branco ao cinza. No tempo em que reinava anonimamente nas g&ocirc;ndolas, seu servi&ccedil;o percorreu os museus de todo o mundo. Um dos momentos de maior destaque foi a exibi&ccedil;&atilde;o da artista no Museu Reina Sof&iacute;a, em Madrid, na Espanha, um dos museus mais consider&aacute;veis da Europa.</p>

<p>Por&eacute;m as medidas adotadas pelas m&iacute;dias sociais est&atilde;o retirado de ser consenso. O uso de selos de checagem e a diminui&ccedil;&atilde;o do alcance ou remo&ccedil;&atilde;o s&atilde;o duas das a&ccedil;&otilde;es contestadas. “Iniciativas das plataformas que absolutizam a refer&ecirc;ncia destes checadores e da m&iacute;dia tradicional s&atilde;o, desse modo, preocupantes”, diz documento da frente sobre o tema, anunciado m&ecirc;s passado. Na opini&atilde;o do diretor-geral da Liga Brasileira de Emissoras de R&aacute;dio e Tv (Abert), Cristiano Flores, as plataformas deveriam ter mecanismos existentes pela m&iacute;dia tradicional, como a promessa de m&eacute;todo por preju&iacute;zo moral ou a solicita&ccedil;&atilde;o de justo de resposta. “As medidas adotadas pelas plataformas s&atilde;o interessantes, todavia deve mais. Voc&ecirc; tem modelo de responsabilidade dos ve&iacute;culos habituais de repara&ccedil;&atilde;o e direitos de resposta.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License